Guinness Blonde



A tradição irlandesa encontrou o espírito americano para produzir a cerveja americana Guinness Blonde. A primeira cerveja de fusão da Guinness Discovery Series, a Guinness Blonde combina as melhores técnicas de fabricação de cerveja européias – inclusive com a famosa variedade de levedura Guinness – com os melhores lúpulos e maltes americanos. Cerveja colaborativa entre Guinness em Dublin e Cervejaria Latrobe, na Pensilvânia.

Cerveja típica american lager, com coloração âmbar, espuma fina de boa duração, aroma lupulado floral cítrico, amargor entre baixo e médio, e muito refrescante. Não é uma cerveja para ser comparada com a famosa Guinness Draught, mas vale a pena provar. Esta em especial foi degustada em quarto de hotel durante o verão na Califórnia.

Bandeira-dos-Estados-Unidos-2000px
Origem: Estados Unidos
Estilo: American Lager
Teor Alcoólico: 5%
Amargor: baixo/médio
Temperatura sugerida para degustação de 0 a 4°C

Anúncios

Samuel Adams Fresh As Helles


feliz copy
Cerveja sazonal (primavera) produzida pela cervejaria The Boston Beer Company, a Samuel Adams Fresh As Helles tem pétalas de flor de laranjeira em sua composição.

Cerveja de coloração dourada, espuma fina de boa duração, aroma cítrico, malte e lúpulos, levemente amarga (18 IBU), refrescante e fácil de beber. Mais uma boa cerveja da Samuel Adams. Esta em especial foi degustada no famoso Hard Rock Café em Hollywood.

Bandeira-dos-Estados-Unidos-2000px
Origem: Estados Unidos
Estilo: Munich Helles
Teor Alcoólico: 5,4%
Amargor: baixo/médio
Temperatura sugerida para degustação de 3 a 7°C

FREIGEIST KÖPENICKIADE – Berliner Weisse



Produzida pela cervejaria Freigeist Bierkultur, a cerveja peculiar FREIGEIST KÖPENICKIADE resgata a velha Berlim Ocidental. Feita com uma forma antiga de trigo, possui uma acidez característica e já foi chamada por Napoleão Bonaparte de “Champagne do Norte”.

Cerveja de coloração amarelo palha, levemente turva, espuma de pouca duração e persistência, aroma de cereais e ervas, álcool de presença bastante suave, média carbonatção e sabor um tanto ácido e azedo demais para o meu paladar.

alemanha
Origem: Alemanha
Estilo: Berliner Weisse
Teor Alcoólico: 3,5%
Amargor: baixo
Temperatura sugerida para degustação de 0 a 4°C